sexta-feira, 27 de março de 2009

sábado, 21 de março de 2009

Provérbios!!

A aprender com a sabedoria popular:

  • Alcança, quem não se ... cansa.
  • Amigo, não empata ... amigo.
  • Amigos, amigos, negócios à ... parte.
  • Amor, com amor se ... paga.
  • Ande o frio por onde andar, ao Natal há-de ... chegar.
  • Antes pouco, que ... nada.
  • Antes quebar, que ... torcer.
  • Faz o bem sem olhares a ... quem.
  • Fia-te na Virgem e não ... corras.
  • Filho de peixe sabe ... nadar.
  • Filho és, pai serás, assim como fizeres, assim ... acharás.
  • Filhos criados, trabalhos ... dobrados.
  • Gaba-te, cesta, que vais à ... vindima.
  • Gaivotas em terra, tempestade no ... mar.
  • Galinha do mato não quer ... capoeira.

O Processo de Germinação...


Para uma boa germinação, basta seguir os seguintes passos:


1. Colocar uma quantidade de grãos num recipiente não furado (taça, prato fundo) e colocar água, preferencialmente de fonte ou mineral.

2. Deixar demolhar durante uma noite

3. Na manhã seguinte escorrer a água dos grãos

4. Enxaguá-los com água corrente e escorrê-los.

5. Colocá-los no germinador e colocar num local à sombra ou num armário com luz, arejado e não muito frio, que utilize frequentemente (para não esquecer o germinador). Duas vezes por dia deve passar os grãos por água corrente e deixá-los escorrer no germinador. Voltar depois a colocar no local de germinação.

6. Ao fim de 3-4 dias os germes serão já bem visíveis. Neste momento já podem ser utilizados, mas se esperar 6 ou 7 dias tornar-se-ão rebentos bastante maiores e mais enriquecidos.

A nossa Agrcultura Biológica - A Germinação das Plantas - parteII

Ora voltando à nossa agricultura biológica, aqui vai uma pequena história...


A sementinha despertou quando as gotinhas de água se aproximaram... até que o seu dorso foi arrepiado pela frialdade e uma voz clara lhe falo:
- Ei, Sementinha!! Já podes perfurar a terra e alcançar a liberdade.
A muito custo, ela abriu os olhos de semente e gaguejou:
- Boa noite, senhora!
- Não é noite, não, Sementinha. É dia!...
- Ah!! Dona Água estou com tanto medo de nascer ...

Os dedos da Dona Água apalparam o corpinho da Sementinha até que ...
-Deve ser aqui. A casca está bem fininha. Vou amolecê-la um bocadinho mais. Agora, vá lá... faz um esforço...
A Sementinha sentia que ía estourar.
Devia estar roxa de tanto esforço. Forçou, forçou, até que sentiu rachar-se de alto a baixo. E a ponta de um dos seus bracinhos projectou-se para fora.
- Ai! Que dor!... Ui! Que frio!...
A Água riu e disse carinhosamente:
- É assim mesmo. Agora o outro bracinho. Viste? Não é assim tão difícil nascer.


A Primavera Chegou!!!





Quando a Primavera chegou, vestida de luz, de cores e de alegria, cheia de perfumes, desabrochando as flores e vestindo as árvores de roupagens verdes...




Que alegria, a Primavera chegou,
os dias são maiores
e há mais tempo para aprender e brincar.









As andorinhas começam a chegar alegres a voar, a cantar e lembram a toda a gente que a Primavera veio para ficar.














sábado, 14 de março de 2009

Páscoa





































No dia de Lázaro apanhei um pássaro,
No domingo de Ramos depenei-o,
No domingo de Páscoa papei-o!

(Para ver as imagens ampliadas clique na imagem)